quarta-feira, 18 de março de 2015

Depois de manual sobre crise hídrica, ANR alerta restaurantes sobre energia

Associação Nacional de Restaurantes terá guia para bares e restaurantes amenizar os efeitos da crise energética



A possibilidade de uma crise energética com grande impacto para os brasileiros tem causado preocupação em todo o país. Preocupada com os desdobramentos, a ANR saiu na frente no segmento e, desde agosto de 2014, vem alertando seus associados sobre o tema. No ano passado, criou o “Ciclo de Debates ANR”, que ofereceu palestras sobre a situação do abastecimento de água e energia. Todas as informações colhidas durante os encontros deram origem a dois guias: o Guia ANR para o uso racional da água e o mais novo Guia ANR para a Crise de Energia. 

“Mais uma vez estamos um passo à frente do mercado oferecendo aos nossos associados um material diferenciado, que pode ajudá-los a contornar a crise com as menores perdas possíveis”, explica Alberto Lyra, diretor executivo da entidade. “Nosso objetivo é levar o maior número de informações para que os bares e restaurantes possam enfrentar as crises de água e de energia que vêm por aí”.

O aumento das contas de energia, por exemplo, foi o tema central da palestra do gerente de Marketing e Novos Negócios da AES Eletropaulo, Rogério Pereira Jorge, realizada em setembro do ano passado, na sede da entidade. À época, o executivo apresentou o panorama da distribuição de energia no país e foi categórico sobre o aumento das taxas por conta da crise hídrica e de questões políticas. “Em janeiro, devemos ter em nossas contas um aumento de cerca de 20%”, afirmou no encontro.

O Guia para a Crise de Energia para Bares e Restaurantes irá trazer dicas e sugestões da AES Eletropaulo e de vários outros experts no uso racional de energia, além de outras soluções simples que podem ser implementadas no dia a dia para um consumo mais baixo de água e energia nos estabelecimentos

O documento foi distribuído para os associados e também ficará disponível no site da entidade (www.anrbrasil.org.br).

Sobre a ANR

A Associação Nacional de Restaurantes reúne e representa empresários de todo porte do setor de food service em suas relações com os poderes públicos, entidades de trabalhadores e junto à sociedade em geral. Os associados da ANR reúnem hoje cerca de 5 mil pontos comerciais no Brasil, entre restaurantes independentes e grandes redes de alimentação.

Via Dino
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 10 de março de 2015

Rede de fast food faz delivery em uma praça

Quando um estabelecimento lança um novo produto ou serviço, temos que divulgá-lo ao público, para que as pessoas o conheçam e o experimentem. Nesta hora, se valer da criatividade, pode fazer toda a diferença para chamar a atenção do cliente em potencial. E uma ação que envolva marketing de guerrilha pode tornar uma simples divulgação de um novo produto ou serviço, em uma experiência inesquecível.

É isto que fez a rede de sorvetes e fast food IceBode para o lançamento do seu serviço de delivery, em Belém. A rede preparou uma surpresa para quem passava por uma praça da cidade paraense, instalando um telefone ao lado de um dos bancos, indicando um número de telefone para ligar, sem nenhuma informação a mais. Os mais curiosos discaram o número e foram surpreendidos com um presente da rede. Confira no vídeo o resultado:


Na ação divertida, além de fazer a sua propaganda, a rede estreitou o relacionamento com os clientes.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 3 de março de 2015

Marketing de Guerrilha faz homem flutuar para divulgar restaurante

Esta semana vamos postar matérias sobre práticas de marketing de guerrilha, que alguns restaurantes estão utilizando para promover o seu estabelecimento, aumentar o movimento e, é claro, o faturamento.

O marketing de guerrilha, para quem desconhece o significado, é o termo utilizado para caracterizar ações de marketing não convencionais, rápidas e que surpreendem o público. Este tipo de ação produz na audiência grande impacto e apresenta para a marca um dos melhores ROIs (retorno sobre investimento - em inglês, return on investment ou ROI) que campanhas de marketing podem alcançar. Para obter o resultado pretendido, o marketing de guerrilha exige bastante criatividade, estratégia e planejamento

Neste post compartilhamos com vocês o case de um restaurante carioca, que queria se destacar no horário do almoço para o público. O restaurante temático João Sexto, localizado no centro do Rio, junto com a agência Enzimas Em Ação, investiu na ideia da "leveza" para atrair a atenção das pessoas.

A ação contou com um homem, caracterizado com roupas de época, flutuando estrategicamente em frente aos principais prédios comerciais próximos ao restaurante. Para compor o cenário foi utilizado um poste de época e uma placa de rua personalizada. Complementando a ação, promotores distribuíam folhetos com o novo cardápio de comida brasileira da casa.

O resultado, de acordo com a Enzimas Em Ação, foi que em apenas 48 horas o restaurante dobrou o movimento, e depois de um mês da ação, ele se consolidou em 100%.

Confira, a seguir, o vídeo de divulgação da ação:


Se vocês quiserem saber mais sobre o marketing de guerrilha, acesse o Publicitário SSC. E nos próximos dias, postaremos mais ações de marketing de guerrilha para restaurantes. Aguardem...

Fontes: Enzimas Em Ação
                Publicitário SSC
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...